Publicado em Trabalhos

Pequena intervenção no assoalho do Fusca

Problemas com o assoalho são muito comuns em nossos xodós e como em todas as questões dos Fuscas e derivados, se não houver a manutenção, podemos ter que arcar com um prejuízo maior mais a frente.

Gravei um pequeno vídeo apresentando um problema de corrosão em um assoalho que havia sido trocado. Por falta de informação ou de interesse do proprietário antigo, o mesmo infiltrava água toda vez que o carro saía na chuva.

Sanado o problema da entrada de água, ficou a sequela da corrosão. Nesse vídeo eu fiz uma intervenção bem pontual, mas com a intenção de obter o melhor resultado com o que tinha a mão no momento. Fica como dica para quem está em situação semelhante e quer ganhar uma sobrevida no seu assoalho sem gastar muito tempo e dinheiro.

Materiais utilizados: escova de aço, TF7 para converter a ferrugem, Hammerite para ferrugem, Thinner e pincel.

 

Anúncios
Publicado em Trabalhos

Intervenção elétrica no Fusca 1300, ano 78

O Ateliê foi ao encontro do Fusca 78 motor 1300 da nossa cliente Leninha, carinhosamente batizado de “Dragão Vermelho”, para fazer alguns reparos elétricos pontuais. As lanternas traseiras, a luz de placa e a luz de freio não estavam funcionando.

Aqui cabe um alerta para os proprietários. A parte elétrica é para muitos algo enigmático e perturbador, tendo em vista a falta de conhecimento técnico a respeito. Por isso, geralmente é algo muito negligenciado na manutenção dos Fuscas e derivados.

A falta de manutenção, assim como a instalação de equipamentos sem critérios acaba causando problemas diversos como a constante queima de fusíveis, apagões no funcionamento, fuga de corrente e em casos mais graves pode provocar até mesmo um incêndio no carro.

Aqui nesse caso, após a verificação visual à procura de problemas, foi identificado que na caixa de fusíveis houve um curto, que carbonizou um dos fios das lanternas traseiras. O fio foi substituído, junto com um novo terminal e os contatos foram limpos e lixados. Na oportunidade também foram trocadas as duas lâmpadas de dois polos. Também foi feita a manutenção do circuito da luz de freio e de placa, com a substituição de fios e terminais. Tudo bem isolado para evitar surpresas, pois com a parte elétrica não se brinca!

wp_20160915_008
Esse é o “Dragão Vermelho”!

wp_20160915_005

Lanternas já funcionando!

wp_20160915_006
Testando a luz de freio!
wp_20160916_001
Visão do painel elétrico. Um ponto crítico na vida dos nossos xodós.
wp_20160918_006
Esse fio carbonizado retrata bem o perigo que representa a parte elétrica negligenciada!

 

 

 

Publicado em Trabalhos

Troca das borrachas e ajuste do ângulo do facão

Uma das maiores dificuldades para os amantes dos Fuscas e derivados é a troca das borrachas do facão e a correta regulagem do ângulo de altura dos mesmos. A correta regulagem do facão, que atua junto com as barras de torção fazendo o trabalho de molas é fundamental para que o veículo mantenha uma boa estabilidade e também apresente um bom visual estético.

Existem duas ferramentas que foram desenvolvidas pela VW para esse serviço chamadas de  levantador de facão e goniômetro. O primeiro, serve para facilitar o trabalho de colocação e retirada do facão, o segundo serve para medir o grau correto de angulação do mesmo.

Aqui neste caso, o trabalho foi desenvolvido sem a necessidade dessas ferramentas, mas usando os mesmos fundamentos. Utilizei um programa para celular chamado “Clinometer” para medir o ângulo e um macaco joelho para movimentar o facão. Tudo é questão de utilizar os conceitos certos e os recursos que se tem a mão!

Após o serviço, concluído em um fim de semana com muita atenção e paciência, junto com o balanceamento das 4 rodas, o resultado foi o melhor possível.

Procuro resumir no vídeo algumas dicas que considero importantes para a perfeita realização desse serviço.